Song Book 2.0

Apenas minhas histórias e mais algumas coisas.

Eu não se o que dizer (Aviso este post é forte)

Posted by carloshenrique em fevereiro 17, 2007

55957.jpg

Eu estou indignado com a raça/especie humana, devido os últimos acontecimentos que eu realmente não tenho palavras para expressar:

Minha tristeza, minha revolta minha amargura, minha falta de esperança, meu desejo de mudar para a ilha de Lost, onde  o bizarro está sendo menos bizarro que a vida aqui.

Mas encontrei alguém encontro:
“Estou aqui para apresentar para vocês um cara chamado carinhosamente por todos que lhe são mais intimos de ALI.

ALI tem 39 anos de idade, é filósofo, um estudioso da raça humana, professor de uma faculdade em São Paulo e, também, escritor. ALI é um cara tranqüilo, sereno, que ama a vida, ama seus amigos. ALI é uma pessoa muito pacífica, ao ponto de ser incapaz de fazer mal à uma mosca. No entanto, ALI tem uma particularidade, que o torna quase singular em comparação à maioria da população: ele é gay. Mas isso não faz dele menos ALI! Ele continua sendo o mesmo cara gente fina de sempre! A única diferença é que ele prefere, entre quatro paredes, estar com meninos ao invés de meninas. Algum mal nisso? Creio que não, já que cada um faz com sua vida particular o que bem entender desde que não prejudique a outrem. Isso é o que podemos chamar de RESPEITO pela diversidade. Todavia, em pleno século XXI, ainda tem gente que acha que os gays não são dignos de respeito…

Madrugada de sábado, 11 de fevereiro de 2007, ALI estava voltando da rua para sua casa com alguns amigos, passando pela Rua da Consolação, nos Jardins – inquestionávelmente, o reduto gay da cidade de São Paulo – à 100m da Av. Paulista, quase na esquina da Alameda Santos, quando foi cruelmente atacado por um bando de mais ou menos dez caras, armados de cacos de garrafas em suas mãos. Os covardes em questão trajavam preto, como cavaleiros da morte, e traziam consigo todo o ódio do mundo. Por quê? Talvez porque não tenham a coragem que ALI tem de encarar a vida, talvez porque não tenham a inteligência e sensibilidade de ALI, ou talvez ainda, porque para eles deva ser divertido espancar um ser vivo até quase matá-lo. Apenas diversão para terminar bem a noite. Pobres desalmados! Pobre ALI…

Vendo seu amigo sendo atacado, mais que rapidamente, seus companheiros se dirigiram a poucos passos de onde a agressão acontecia, onde havia uma guarita da Polícia Militar. No entanto, qual foi a supresa dos amigos de ALI ao descobrir que, sendo a polícia solicitada para ajudar, estes se omitiram perante à situação apresentada com a justificativa de que “aquela região não era sua jurisdição”! Que eficiência! Que humanidade!! Que presteza!!! Então, para a Polícia Militar ajudar ao cidadão em perigo, é necessário checar se este está na jurisdição na qual os mesmos policiais se encontram? O que faziam estes policiais ali, então, fora de sua jurisdição? Estavam “matando” trabalho? Ora, se cada policial tem sua jurisdição, onde estariam os policiais da jurisdição correspondente ao lugar onde o crime acontecia?? Não poderiam estes policiais que estão fora de sua jurisdição, comunicar-se via rádio com outros policiais que pudessem prestar socorro ao rapaz sendo covardemente espancado na calçada na frente de seus narizes? Se o dever dessas autoridades é defender o cidadão indefeso, como descrever o paradoxo desta situação?? Faltam-me palavras…

Os amigos de ALI voltaram em seu socorro e o encontraram jogado, inconsciente, na calçada, com seu maxilar e seus dentes quebrados, com o corpo completamente ferido. Imediatamente, o levaram para o Hospital das Clínicas, onde a foto abaixo foi tirada.

Não consigo decidir-me nessa triste saga qual foi a pior das partes: os rapazes covardes, e certamente desprovidos de coração, que espancaram ALI até quase matá-lo, ou os PMs omissos, que apenas assistiram a um homem sendo espancado, covardemente. Se vivemos num mundo onde a máxima da boa convivência é “Faça para os outros o que você gostaria que fizessem para você”, as atitudes descritas acima me deixam num estado de confusão mental tão grande que mal consigo expor minha indignação nessas linhas.

Felizmente, não estou me omitindo também diante de tamanha barbárie. Espero que alguma atitude seja tomada daqui para frente. Afinal, naquela madrugada sangrenta, ALI foi espancado por ser gay. Mas diante de um mundo tão violento, qualquer um poderia sofrer uma agressão como essa. Chega de gente que ainda acha que botar fogo em índio e espancar gays é diversão! Estou fazendo o que posso… Você, que está lendo esse relato, por favor, faça também o que estiver ao seu alcance.

Muito obrigado!

Fabricio Mardegan. ”

Este é o ALI após a agressão

imagejpeg_1.jpg

Anúncios

14 Respostas to “Eu não se o que dizer (Aviso este post é forte)”

  1. sem comentarios… lámentavel… e revoltante….

  2. Tassiana said

    Fiquei muito chocada!

    Sem palavras pra tentar dizer o que estou sentindo!
    quanda idiotice, por parte dos policiais, bando de
    hipocritas, depois falam que estao ajudando a população!
    Só se for a deles, aumentando o numero de homens ladrões,
    safados e que só servem para isso > NADA!

  3. luis carlos said

    Covardes vcs é que sao a vergonha da humanidade e escoria que devem ser insinerados, e tambem homoxessuais frustrados querendo a experiencia , mas tem medo de doer.

  4. Adolfo said

    Filhos Da PUTA…cobardes….sem…sem palavras!

  5. Alexssandro said

    Eu coloquei net aqui na minha casa tem um mês, fiquei chocado com o que vi, sou bissexual, defendo o direito de todos, negros, indios, homossexuais e pobres. Ali, meu deus, fiquei chocado, ele foi vitima de gente filho da puta e desgraçada que tem mente pior de que um inseto, se forem neonazistas, eles nem sabem que seguem um louco, burro doente e selvagem. Hitler não passava de um trapo, sujo imundo, e hoje em pleno século XXI temos que nos unir, sociedade, GLS, professores( sou professor), cientistas políticos, governantes e varrer esses lixos da sociedade, são passiveis de prisão como po beira mar e o colombiano escobar. basta desses canalhas na sociedade !

  6. Victor Hugo Pereira da Silva said

    Horríovel, essas pessoas merecem éo inferno
    queria que fesesse issso com eles aí eu queria ver se eles iam rir, iam se divertir!!!!!
    pra min sem palavras
    issom é uma vergonha pro ser humano
    cadê as autoridades que não viram issso
    eu8 acho que eles acharam foi é bom
    é como dis o povo
    a tendencia do ser humano é fracassar!!!!!
    que vergonha

  7. Fee said

    Cada dia que passa…eu tenho mais certeza de que o ser humano é algo descartavel…

    lamentavel.

  8. João said

    Se fosse filho de um policial , não levaria uma semana para aparecerem 10 corpos crivados de balas , jogados em um matagal . Gostaria de relatar , que tive um amigo que odiava gays , ele saia a noite pra avacalhar com travestis , mas por baixo do pano gostava de transar com caras , muitos deles ( esses carecas , ou nazistas , esses bandidos . ) batem em gays com raiva , de não terem coragem de assumir seu lado mulher , outros tambem inrrustidos , batem porque é uma maneira de chegarem perto de um homem , por a mão nele , sentirem seus corpos , sem levantarem suspeitas . Hitler éra gay inrrustido , ( eureca descobri a polvora . )ele esse austriaco de merda , queria criar um exercito de arianos ( garotinhos boa pinta para seu deleite ) , pena que éra um louco , porque se fosse apenas um gay normal , poderia ter sido uma boa pessoa . ( em todas as raças , e classes existem boas e mas pessoas . ) Resumindo esses covardes que bateram em Ali , não são mais nem menos que um belos filhas de uma puta .Se alguem duvida da historia do merda do Hitler , compre um livro , ou esfregue o escorno no computador e confira o que eu disse . ( cala te boca os carecas são cegos . )

  9. jhonnatha said

    bem eu nao sou homoxessual mais simpatizante
    cara chorei lendo agora nao sei quem forao os piores da histora se forao os FDP q takarao o coitado ou se foi os policiais q nao serve pra boosta nenhuma

    lamentavel… felismente o cara nao morreu

  10. ??? said

    Que horror, só porque uma pessoa é homosexual nao significa que eles possam tratala assim.
    Que povo mais idiota!

  11. Anderson said

    Isso realmente é uma tristeza, sera que teremos q nos render à essas pessoas retardadas e começar a agir como eles, criar grupos de delinquentes q saem pelas ruas espancando e matando todos os “héteros”, esse tipo de pessoa, pessoa não LIXO deveria ser tratado com tal.
    E esses policiais deveriam prestar serviços à cominidade afinal somos nós q pagamos o salário deles, e enquanto as pessoas não tiverem a consciencia de q somo “nós” q fazemos acontecer nada vai mudar, “nós” é a palavra chave, mas o “eu” tambem é muito forte passe a conhecer mais os seus direitos, e não tenha vergonha de cobra-los, pare de se esconder e lute. só assim teremos uma chace de mudar esse pais

  12. Aline Paula said

    Revoltante MESMO, mas eaí, vai denunciar o belos PMs para outros PMs mesmo ? HAHAHAHAH Que bosta heim. U_U

  13. Ismael said

    É a primeira vez que vejo isto, estou chocado e atonito.
    Esses cara que se dizem policiais, não honram suas vestimentas, pois nada são.
    E é lamental que pessoas como os rapazes agressores, eu considero como animais, ficam impunes diante de tal fato.
    Que Deus abençoe o agredido.

  14. Helder Pergenttino said

    quanto mais conheço pessoas, mais gosto do meu Ção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: